Por

31 looks e vários jeitos de usar skinny scarf

Não tem jeito: quando uma amiga começa a falar sobre uma tendência, a outra sem saber aparece usando e a terceira fica louca, isso vai passando como uma febre, escuta só porque que vai bombar. Nem que seja entre a gente, vai. Já ouviram falar da regra de três? Não a da matemática, mas a da moda: quando três celebridades aparecem usando uma peça, é melhor ficar de olho. Já eu gosto de aplicar nas musas da vida real, aquele bom e velho grupo das minas do Whats. E foi a skinny scarf (cachecol // lenço // paninho) que fez a cabeça delas nos últimos dias.

Mas eis que alguém levanta a mão e diz: eiei comprei, mas não sei muito como usar. Pois bem, esse post é para todas as amigas, e amigas de amigas, e essa corrente linda que a gente cria todos os dias.

Começando do começo, não da origem dos paninhos, mas de quando o assunto entrou em pauta. Em março de 2015, foi a Chloé que lançou esse look na passarela de inverno:

02-chloe

13-chloe

41-chloe

Tem casaco? Tem. Vestido? Tambêm. Camisa? Ô. E repetiu a dose neste ano:

chloe_1

Mas a gente vive a rua, né, Brasil? Pegar ônibus, caminhar o dia inteiro, sair de casa de manhã, voltar só de noite, frequentar xxxx ambientes diferentes, estar em momentos que vão desde a reunião importante até a fila do buffet.

O skinny scarf dá um toque sofisticado à la Chloé, é verdade, mas pode ser colocado em looks que acompanhem a gente nisso tudo. Não é maravilhoso poder fazer o que se quer com o que a moda chama de “tendência”? E o melhor: o nosso skinny scarf pode ser qualquer tecido da costureira, um lenço longo e fino, na cor que nos faz bem.

Separei em quatro categorias especialíssimas, vem ver:

>
Foco no decote

Camisas, vestidos, casacos, o que vale aqui é um decote generoso e um tecido mais fluido. Aí é só enrolar no pescoço, dar um nó justinho, bem rente, e deixar as pontas soltas e juntinhas, criando uma linha alongada e valorizando esse “V”.

scarf_13

lena_scarf2

scarf_27

scarf_12

skinny_scarf2

E para quem se pergunta: mas pode usar essa amarração sem decote? Pode sim, pode tudo, e fica um amor:

scarf_25

Extra, extra – ou o look nº32, que é de casa, da Lanna, e é de hoje:

32 jeitos de usar skinny scarf na vida real (os outros 31 tão lá no blog — link na bio) 🎀🎀🎀

Uma foto publicada por Glamour de Garagem (@glamourdegaragem) em

Dia a dia chique

Aqui não tem erro: enrolar a scarf como fazemos com mantas e cachecóis, dando uma volta no pescoço, e deixar as pontas soltas, uma de cada lado. Por cima de camisas, camisetas, blusinhas, percorrendo as barras dos casacos, fica a gosto do cliente. 😉

scarf19

scarf_11

scarf_4

scarf_14

scarf_6

O nó de francesa

É enroladinho no pescoço, mas com um nó nas pontas soltas, para baixo no peito, fazendo com que o lenço vire uma gravatinha descolada. Sabe aquele jeitinho de rock’n’roll all night, Kate Moss na balada, intencionalmente despretensioso? Então.

scarf_23

scarf_9

scarf_8

scarf_16

scarf_28

Turtleneck 2.0

É tipo a gola alta, só que não. É tipo uma choker, só que não também. O cachecol fininho dá o efeito do pescoço coberto, mas deixe pele à mostra: é só esconder as pontas na nuca.  E aí vale tudo. Gosto especialmente dos looks que deixam os ombros de fora, criando essa ~ilusão.

scarf_24

scarf_1

scarf_22

scarf_30

scarf_26

scarf_21